Análise Armazenamento de Dados Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)

0
41


Recebemos para análise o novo SSHD Seagate FireCuda de 1TB em formato 2.5 inch (ST1000LX015 ), aquele mesmo tamanho físico da grande maioria dos SSD tradicionais padrão SATA3. O principal destaque desse “HD” frente a soluções tradicionais é que ele é um modelo hibrido, chamado pelas empresas de SSHD, trazendo além do sistema normal de HDs com discos rígidos um SSD de 8GB para aceleração de algumas aplicações, sendo assim o sistema passará a utilizar o SSD em algumas situações, principalmente para acelerar o boot do sistema operacional.

SSHDs normalmente trazem ganho apenas em tempo de BOOT

o sistema operacional

A linha FireCuda Compute (para computadores indecision ) em formato de 2.5 inch é composta por três modelos, com capacidades de 500GB, 1TB e 2TB, todos eles com características semelhantes. No Brasil o modelo de 1TB pode ser encontrado a partir de R$450, já nos EUA seu valor fica na casa de U$66 (pesquisas feitas no dia 05/05/2017).

Site oficial da série FireCuda da Seagate

Tecnologias

Abaixo as principais tecnologias do HD informadas pela Seagate no PDF com informações dos produtos da linha que pode ser encontrado
nesse link.

– Tecnologia acelerada por flash, aumentando velocidade de determinadas situações em até 5 vezes comparado aos HDDs padrão.

– Modelos com capacidade de 500 GB, 1 TB e 2 TB. Todos os modelos com 7 mm de espessura.

– Recurso Green Hybrid™ reduz o consumo de energia do dispositivo, ajudando a ampliar a vida útil do disco além de consumir menos energia.

– Tecnologia Multi-Tier Caching Technology™ (MTC) aprimora o desempenho empregando as tecnologias flash NAND, DRAM e cache de mídia para possibilitar que aplicativos e arquivos carreguem de forma mais rápida.

– Tecnologia Adaptive Memory™ identifica os dados acessados com mais frequência, proporcionando mais rapidez no fornecimento de dados, mais economia no consumo de energia e vida útil prolongada do disco.

– Garantia limitada de 5 anos.

Especificações

Na tabela abaixo é possível conferir as principais características técnicas dos modelos SSD da série FireCuda Compute. Reparem que a Seagate adicionou velocidades média entre os modelos destacados contra outros HDs tradicionais sem sistema de memória cache, tanto com velocidade de 5.400 RPM como 7.200 RPM.

Vale destacar que apesar da tabela não conter a informação, esse HD tem sistema de discos trabalhando a 5.400RPM, que deve refletir na velocidade de vários testes de nossos comparativos. Para concluir os dados que faltaram, ele possui SSD de 8GB NAND cMLC e 128mb de memória cache.

Fotos

Abaixo algumas fotos do HD, como já destacado, com tamanho de 2.5 inch, utilizado principalmente em notebooks pelo tamanho reduzido, mas também compatíveis com desktop tradicionais. Vale ressaltar que essa linha possui modelos de 3.5 inch, esses com velocidade de 7.200RPM.

Também tiramos algumas fotos do HD ao lado de um modelo de 3,5 inch tradicional de desktop, além de um SSD em mesmo formato 2.5 inch, ambos com 7mm de espessura.

Firmware

Assim como drives de SSD, HDs também podem sofrer atualizações de BIOS, porem em uma escala bem inferior aos SSDs. Para os usuários que não abrem mão de ter sempre o sistema atualizado, recomenda-se ficar de olho no site do fabricante, no caso do FireCuda analisado, não tinha nenhuma atualização disponível.

Sistema utilizado

Abaixo, detalhes completos do sistema utilizado:

Máquina utilizada nos testes

– Mainboard Gigabyte Z270X-Gaming 9

– Processador Intel Core i7-6700K @ Stock

– Memórias Kingston HyperX Predator 8GB 2133MHz (2x4GB)

– SSD Samsung 960 EVO 500GB para teste de cópia

– Fonte Thermaltake Toughpower Gold 750W

Sistema Operacional e Drivers

– Windows 10 Pro Redstone 2 64 Bits com updates

Aplicativos/Games:

– AS SSD Benchmark 1.9.x

– ATTO Benchmark 3.x

– Battlefield 1 (DX11)

– BootRacer 6.5

– CrystalDiskMark 5.x

– DiskBench

Drives Comparados:
– Seagate Firecuda SSHD 2.5 inch (1TB) – Sata3

– Kingston Fury SSD (240GB) – Sata3

– Seagate Barracuda HD (3TB) – Sata3

Temperatura

Através do aplicativo CrystalDiskInfo podemos conferir a temperatura de 32º graus do drive (C:), que foi capturada enquanto rodava o teste “CrystalDiskMark” para ter uma noção real da temperatura enquanto o mesmo estava sendo “exigido”. Na mesma tela é possível notar a temperatura do outro HD Barracuda de 2TB em formato 3.5 inch para desktop (D:), além do SSD Samsung 960 EVO M.2 (S:), que fica mais quente por estar praticamente “colado” na mainboard e consequentemente “puxando” a temperatura dela.

Testes sintéticos
AS SSD Benchmark

Começamos nossos testes com o AS SSD Benchmark, software específico para testes de drives SSD, HD etc.

O aplicativo faz uma série de testes em diversas situações de leitura e escrita e, no final, gera uma pontuação com a média entre todos os testes. Confiram abaixo:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Media Final (1GB)

OBS.:

  • Resultado em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ AS SSD Benchmark | Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) ] Hardwares Comparados: 3

Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)



ATTO Disk Benchmark

Outro famoso aplicativo para teste de desempenho de unidades de armazenamento é o ATTO. Vejam abaixo o comportamento dos modelos comparados:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Modo Read – Resultado 48 MB

OBS.:

  • Teste de 4.0 a 8192.0 KB
  • Resultados em MB/s
  • Quanto MAIOR, melhor

[ ATTO Disk Benchmark | Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) ] Hardwares Comparados: 3

Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)




CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Modo Write – Resultado 48 MB

OBS.:

  • Teste de 4.0 a 8192.0 KB
  • Resultados em MB/s
  • Quanto MAIOR, melhor

[ ATTO Disk Benchmark | Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) ] Hardwares Comparados: 3

Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)



CrystalDiskMark

Com o aplicativo CrystalDiskMark, outro muito famoso para testes de drives, optamos por utilizar o teste “Seq”. Abaixo, os resultados em modo leitura e escrita:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Modo Read – Seq (1GiB)

OBS.:

  • Teste Seq
  • Resultados em MB/s
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CrystalDiskMark | Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) ] Hardwares Comparados: 3

Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)




CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Modo Write – Seq (1GiB)

OBS.:

  • Teste Seq
  • Resultados em MB/s
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CrystalDiskMark | Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) ] Hardwares Comparados: 3

Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)



Testes práticos
Carregando um game (Battlefield 1)

Outro teste interessante é o carregamento de um game. Para isso, utilizamos o Battlefield 1 com teste em cima do mapa “Avanti Savoia!” logo no início em “O La Vittoria”. O conceito do teste foi simples: computar o tempo que levou da hora que clicamos até a hora em que o gameplay começa.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

1920×1080, DX11, Ultra, Tempo para carregar fase

OBS.:

  • Resultados em segundos
  • Fase: Avanti Savoia
  • Quando MENOR, melhor

[ Battlefield 1 | Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) ] Hardwares Comparados: 6

Kingston HyperX Fury SSD 240GB – Loading #2


Kingston HyperX Fury SSD 240GB – Loading #2


Seagate Barracuda 3TB – Loading #2


Seagate Barracuda 3TB – Loading #2


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) – Loading #2


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) – Loading #2


Kingston HyperX Fury SSD 240GB – Loading #1


Kingston HyperX Fury SSD 240GB – Loading #1


Seagate Barracuda 3TB – Loading #1


Seagate Barracuda 3TB – Loading #1


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) – Loading #1


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) – Loading #1



Tempo de BOOT (Windows 10 Pro 64 bits)

Com o software BootRacer, medimos o tempo necessário para inicializar o sistema operacional, um dos principais atrativos de drives SSD.

O teste consiste no melhor resultado após três boots seguidos do sistema, considerando o tempo total até finalizar na área de trabalho para uso do sistema.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Windows 10 Pro 64 Bits

OBS.:

  • Tempo completo de boot para carregar o Windows
  • Quanto MENOR, melhor

[ BootRacer | Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) ] Hardwares Comparados: 3

Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate Barracuda 3TB Sata 3



Cópia de arquivo

O teste prático de cópia de arquivos consiste em enviar e receber 16,72GB, organizados em pouco mais de 800 pastas e representando um total de 35 mil arquivos. O teste utiliza o aplicativo DiskBench para o processo.

Para os testes de cópia, utilizamos na outra “ponta” um SDD Samsung 960 EVO de 500GB, modelo em formato m.2 e que tem por padrão o protocolo NVMe entregando velocidades sequencias de 3,200 MB/s para leitura e 1,800 MB/s para escrita, entre os mais rápidos do mercado atualmente.

Não adianta medir velocidade de cópia de um SSD NVMe de alto desempenho

para um HD, sendo que a velocidade vai ser limitada pelo drive mais lento

Diskbench – Leitura

Neste teste copiamos as pastas/arquivos do drive analisado para o SSD Samsung 960 EVO. Este teste considera a velocidade de leitura, já que ele não escreve nada no drive analisado, ele está enviando os arquivos para outros drive.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

16.72 GB – Cópia “de” outro drive (escrita)

OBS.:

  • O teste consiste em copiar arquivos entre os drives e medir o tempo necessário para finalizar a cópia
  • Quanto menor, melhor
  • Tempo medido em segundos

[ DiskBench | Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) ] Hardwares Comparados: 3

Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)



Diskbench – Escrita

Invertendo o processo, agora copiamos as pastas/arquivos do SSD Samsung 960 EVO para o drive analisado, consistindo em um teste prático de escrita, já que os dados estão sendo gravados no drive analisado.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

16.72 GB – Cópia “para” outro drive (leitura)

OBS.:

  • O teste consiste em copiar arquivos entre os drives e medir o tempo necessário para finalizar a cópia
  • Quanto menor, melhor
  • Tempo medido em segundos

[ DiskBench | Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch) ] Hardwares Comparados: 3

Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Kingston HyperX Fury SSD 240GB


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate Barracuda 3TB Sata 3


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)


Seagate FireCuda SSHD 1TB (2.5 inch)




AVALIAÇÃO:

Tecnologia

Capacidade

Desempenho

Preço

Conclusão

Drives de armazenamento com tecnologia hibrida, contendo os tradicionais discos rígido junto com uma pequena quantidade de memórias cache tem como principal proposito acelerar boot do sistema operacional, quem se acostumou com o sistema operacional instalado em um SSD e depois volta para um HD sabe bem do quanto isso faz diferença, porém eles ainda prometem ganho em alguns outros softwares, especialmente os mais utilizados onde o sistema vai automaticamente otimizando seu acesso.

Em nossos testes o ganho real mesmo aconteceu apenas com o BOOT do sistema, tirando isso ele se mostrou um HD normal, limitado a velocidade de seus discos, no caso do modelo analisado, os 5.400RPM com a memória cache não fazendo diferença em testes de desempenho de transferência de dados ou mesmo cópia de arquivos, para isso é necessário que os discos trabalhem de forma mais rápida, fica bem claro quando comparamos o FireCuda analisado com o Barracura de 2TB em formato 3.5 inch para desktop, que tem velocidade de 7.200RPM. Mesmo na hora de carregar a fase de um game, na primeira vez o HD tradicional sem cache se saiu melhor que o SSHD, mostrando que a diferença foi a velocidade de rotação dos discos, já a segunda vez não tivemos diferença entre nenhuma solução, desde SSD a um HD hibrido ou o normal. Esperavamos mais do conceito de HD + SSD, porém mesmo sendo a solução mais barata desse tipo de tecnologia, deixa um pouco a desejar. Lembramos que o Intel Optane Memory Cache promete fazer milagres com HDs em várias situações além do BOOT, porém tende a chegar com preços altos de inicio.

SSHD tem como principal e praticamente único diferencial acelerar o BOOT do sistema

Esse tipo de solução é interessante para quem tem um notebook e pretende fazer upgrade no HD após algum problema ou mesmo visando aumentar o espaço, porém no caso do modelo analisado de 1TB, seu custo parte de R$450 no Brasil, valor que faz o usuário questionar o investimento, sendo que é possível com esse valor comprar tranquilamente um SSD de 240GB, sim, com capacidade bem inferior, mas que naturalmente entregará um desempenho melhor em várias outras situações além do BOOT do sistema. O lado positivo do HD é que ele é uma opção mais interessante para quem precisa de espaço e se incomoda principalmente com o tempo de boot do sistema quando instalado em HDs tradicionais. Lembramos ainda que grande parte dos notebooks, mesmo equipados com um HD ou SSD em formato 2.5 inch, trazem espaço para um SSD em conexão mSATA ou a nova M.2, possibilitando assim o uso de um SSD e um HD ao mesmo tempo, então esse produto faz mais sentido nas situações que não houver essa possibilidade.

Aprenda a configurar seus SSDs em RAID

Talvez o erro principal ficou por conta da velocidade de 5.400RPM, caso tivesse 7.200RPM entregaria velocidades melhores em várias situações que o cache não pode ser usado, desde carregar um game a cópias de arquivos.

Fica claro nessa análise, como já constatado há algum tempo, que HDs não tem mais para onde correr, a tendência é SSD, uma pena que os preços ainda relutam em cair para tornar os produtos mais competitivos, ou as empresas evitam que isso aconteça para manter uma alta taxa de lucro. Nesse contexto, esse modelo da Seagate pode atender um consumidor que quer um notebook mais ágil ao ser iniciado, e que não tem disponível um slot para fazer cache com um SSD em padrões como o M.SATA ou M.2, porém fica devendo uma performance mais convincente em sua “porção” HD para conseguir nossa recomendação.

Galeria da análise do Seagate Firecuda SSHD 1TB

PRÓS

  • Melhora tempo de BOOT do sistema operacional

  • Modelo com até 2TB de espaço interno

CONTRAS

  • Valor alto

  • Velocidade de 5.400RPM




Source link

Comentários