Análise Placa-mãe MSI X370 Gaming Pro Carbon

0
47


Mais uma análise de placa-mãe socket AM4 para processadores AMD, agora da MSI X370 Gaming Pro Carbon, modelo que se posiciona como bom custo x benefício para uma placa com o chipset X370, compatível com os nos novos processadores Ryzen 5 e 7. A placa lembra muito a MSI Z270 Gaming Pro Carbon que também analisamos, ficando por conta do socket e posição de alguns componentes como as maiores mudanças visuais, além de uma ou outra tecnologia específica da plataforma.

Em cenário internacional ela foi lançada custando US$ 180 dólares, já no Brasil seu preço fica na casa dos R$ 1000, às vezes saindo por um pouco mais ou um pouco menos em promoções. (pesquisa feita dia 19/05/2017).

Site oficial da placa-mãe MSI X370 Gaming Pro Carbon

Tecnologias

Abaixo você confere as principais tecnologias oferecidas na placa-mãe MSI X370 Gaming Pro Carbon socket AM4, como já destacamos na introdução, placa que é muito parecida com a sua versão baseada em chipset Intel Z270 para processadores socket LGA 1151:

Mystic Light e Mystic Light Sync:

É possível personalizar e configurar seu próprio esquema de cores com o RGB Mystic Light. Utilizando o App Gaming pelo smartphone, você pode controlar até 17 efeitos do LED, com 16,8 milhões de cores. 

Mystic Light Extension da MSI fornece uma maneira intuitiva de controlar tiras RGB adicionais e outros periféricos RGB certificados que estão no sistema. É possível conectar tiras extras de 12V à conexão de 4 pinos em sua placa mãe para customizar ainda mais o PC. 

Total Fan Control e resfriamento líquido:

A placa-mãe é feita com materiais de alta qualidade e as otimizações inteligentes dos fans contribuem para o resfriamento de todos os componentes essenciais, sendo possível gerenciar velocidades e temperaturas para todos os fans do sistema e da CPU. Com o Total Fan Control o usuário pode controlar as ventoinhas e verificar de maneira intuitiva o status do sistema. Você também pode configurar perfis de temperatura para CPU e placa-mãe para ajustar os fans automaticamente. A placa-mãe é otimizada inclusive para liquid cooling, com um PIN header dedicado.

Armazenamento e M.2 Shield

Com a tecnologia M.2 Shield, é mais seguro e fácil conectar seus dispositivos.O M.2 Shield possui uma estrutura de resfriamento que diminui a temperatura do seu dispositivo M.2 e evita qualquer dano que faça com que diminua a velocidade.

A estrutura Steel Armor presente na placa protege slots e SSDs M.2 de danos, além de proteger contra interferência eletromagnética.

A placa-mãe também oferece velocidades de até 32Gb/s por dispositivo usando Gen3 x4. Assim, o Turbo M.2 é 5X mais rápido do que uma conexão regular SATA III. Com a ferramenta X-Boost é possível otimizar seus SSDs para manter o sistema mais rápido e maximizar o desempenho de armazenamento.

Memórias reforçadas com Steel Armor:

A estrutura Steel Armor protege as memórias e os slots delas de danos físicos e sobrecargas de corrente elétrica. Ele também protege os componentes de interferências eletromagnéticas. O DDR4 Boost serve para garantir a estabilidade e o desempenho da RAM.

Conexões e X-Boost

A MSI ofereceu nesta placa diversas opções de conexões como conector UBS Tipo-C reversível e o sistema X-Boost anteriormente comentado.

X-Boost da placa traz um software exclusivo que permite ao usuário aumentar o desempenho de qualquer dispositivo de armazenamento ou USB ligado ao seu sistema. No perfil do X-Boost há o modo fácil ou avançado para sintonizar seu sistema e aumentar a velocidade em até 20%, além de ter maior capacidade de resposta do sistema e carregamentos mais rápidos em jogos. 

Fotos

Assim como a Z270 Gaming Pro Carbon, o modelo baseado em chipset X370 e socket AMD AM4 tem um visual muito legal, com componentes de boa qualidade e as principais tecnologias da plataforma. Nas cores preta com detalhes em branco e prateado, a placa é bastante “discreta” quando desligada.

Assim como outros modelos intermediários, já traz o sistema de proteção metálica em alguns dos slots PCI-Express e também sobre os slots para memórias.

Em se tratando de conexões para drives de armazenamento, o destaque fica por conta das duas conexões M.2, ambas com suporte a NVMe e uma delas com a proteção Shield, que, de acordo com a MSI, ajuda a resfriar um pouco o SSD. Além delas, a placa possui 6 portas SATA 3 e logicamente o suporte a SSDs via slots PCI-Express.

O componente de áudio da placa é o Realtek ALC1220, trazendo a tecnologia Áudio Boost 4 da MSI com suporte a 7.1 canais e componentes de alta qualidade, além de um projeto que isola esses componentes de outros da placa, visando melhor qualidade sonora e redução de interferências. Outra característica é que, assim como em outras placas da MSI e de outros fabricantes, ela traz um chip chamado VR Boost que supostamente otimiza tecnologias de Realidade Virtual.

No painel traseiro o destaque fica por conta das duas conexões de vídeo, uma DVI e otura HDMI 1.4, além das conexões USB 3.1, tanto tipo A como tipo C. As conexões de áudio são banhadas a ouro na parte interna, entregando assim melhor qualidade do que modelos tradicionais.

X370 Gaming Pro Carbon vs Z270 Gaming Pro Carbon

Como já destacamos, a X370 e a Z270 Gaming Pro Carbon são modelos bem parecidos visualmente, ficando por conta do socket e da disposição de algumas componentes, como as principais diferenças. Reparem nas fotos abaixo que os slots M.2 ficam em posições diferentes assim como alguns slots PCI-Express, o M.2 Shield também mudou de conexão. É importante destacar que ambas suportam o protocolo NVMe, porem na mainboard Intel existe o suporte à tecnologia Optane.

As placas são bem parecidas também nas conexões do painel traseiro, oferecendo as mesmas portas, mudando apenas algumas posições.

BIOS

A interface de BIOS das placas da MSI segue um visual bom, próximo ao da Asus, que em nossa opinião é a referência nesse aspecto. Porém, a ASRock ainda parece ter uma interface um pouco superior, ao menos do nosso ponto de vista.

Vale destacar que fizemos os testes com a BIOS 1.50, a mais atual da empresa durante os testes, porém ainda baseada no AGESA 1004. Para baixar novas BIOS basta acessar o site da placa clicando aqui.

Sistema Utilizado

Abaixo, detalhes sobre o sistema que utilizamos em todas as análise de placas-mãe com mesma série de chipset, além de drivers e aplicações utilizadas nos testes. Antes fotos do sistema montado:

Máquinas utilizadas nos testes:

Todas os sistemas utilizaram os mesmos hardwares para os testes:

– Processador: AMD Ryzen 7 1800X

– Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 1080 (referência)

– Memórias: 16 GB HyperX Predator / Corsair Veng. LPX @ 2122MHz+ (2x8GB)

– SSD: Kingston Savage 240GB Sata 6Gb/s

– HD: Seagate Barracuda 2TB 7200RPM Sata 6Gb/s

– Cooler: Noctua NH-U12S

– Fonte de energia (PSU): Thermaltake Toughpower 850W GOLD PSU

Sistema Operacional e Drivers:

– Windows 10 64 Bits Redstone 2

– AMD Crimson 17.10 com Ryzen Powerplan

– GeForce 382.05

Aplicativos/Games:

– AIDA 5.xx

– AS SSD Benchmark 1.9.x

– CPU-Z Bench

– wPrime 2.10

– WinRAR 5.4x

– 3DMark (DX11)

– Grand Theft Auto 5 (DX11)

CPU-Z

Abaixo, telas do CPU-Z mostrando detalhes da placa-mãe e parte do sistema utilizado nos testes.

Overclock

Como já falamos na análise do Ryzen 7 1800X e de outras placas-mãe que testamos com ele, este é um processador que trabalha por padrão próximo ao seu limite de clock com um cooler a ar. Sendo assim, o que vimos na review dele rodando com a Gigabyte X370-Gaming 5 se replicou nas demais que testamos aqui quando o assunto é overclock – com o CPU não passando de 4GHz efetivos em todos os seus cores. Ou seja, a única diferença do clock padrão dele é onde alguns núcleos trabalham em 4GHz. Aqui definimos todos os 8 cores nesse clock, que naturalmente tende a dar mais desempenho para o sistema. Overclock acima disso fazia o sistema travar, com ou sem clocks mais altos nas memórias. Ainda destacamos que tivemos que aumentar a tensão para 1.425v para o sistema se manter estável.

Incompatibilidade de memórias DDR4 de altas frequências em AM4

não está relacionada a uma marca, mas sim a toda a plataforma

Abaixo a tela do CPU-Z e do AIDA64 com o CPU trabalhando em 4.0GHz e as memórias em 2666MHz, já que ao subir para clocks mais altos o sistema não colocava, mesmo alternando entre kits de memórias diferentes. Destacamos ainda que as memórias só funcionaram com esse clock setando a frequência manual, pelos perfis simplesmente não funciona.

É importante destacar que a placa da Gigabyte foi a única a conseguir estabilizar com overclock em 4GHz e memórias em 2933MHz, por isso os resultados melhores em alguns testes

Consumo de energia

Fizemos os testes do sistema em modo ocioso e rodando o 3DMark, aplicativo que exige bastante do sistema. Começamos pelo teste com o sistema em modo ocioso (IDLE).

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Sistema ocioso (idle)

OBS.:

  • Consumo do sistema inteiro
  • Resultados em Watts
  • Quanto MENOR, melhor

[ Consumo de Energia | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)



Rodando o 3DMark

Quando colocamos os sistema com vídeo integrado rodando o 3DMark, temos os seguintes resultados de consumo:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Rodando 3DMark

OBS.:

  • Consumo do sistema inteiro
  • Resultados em Watts
  • Quanto MENOR, melhor

[ Consumo de Energia | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)



Testes de desempenho

Abaixo temos uma série de testes de desempenho com o sistema, comparando a placa com outros modelos do mercado utilizando os mesmos componentes e fazendo exatamente os mesmos testes – com exceção de overclock, que é diferente em cada placa-mãe/sistema!

AIDA64 

Iniciamos os testes de desempenho em aplicações com o AIDA64 e seu teste de memórias, mostrando o resultado de leitura, escrita, cópia e latência. Confiram:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Memórias: Leitura

OBS.:

  • Resultados em MB/s ou ns(latência)
  • Quanto MAIOR, melhor
  • Para Latência quanto MENOR, melhor

[ AIDA64 | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Memórias: Escrita

OBS.:

  • Resultados em MB/s ou ns(latência)
  • Quanto MAIOR, melhor
  • Para Latência quanto MENOR, melhor

[ AIDA64 | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon




CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Memórias: Cópia

OBS.:

  • Resultados em MB/s ou ns(latência)
  • Quanto MAIOR, melhor
  • Para Latência quanto MENOR, melhor

[ AIDA64 | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon




CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Memórias: Latência

OBS.:

  • Resultados em MB/s ou ns(latência)
  • Quanto MAIOR, melhor
  • Para Latência quanto MENOR, melhor

[ AIDA64 | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon




AS SSD Benchmark

Dando sequência, um teste de desempenho do mesmo SSD utilizado em todas as placas:  

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Media Final (1GB)

OBS.:

  • Resultado em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ AS SSD Benchmark | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon



CineBench

O próximo teste é de renderização de imagem com multi-core, onde todos os núcleos são colocados para trabalhar:  

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

R15: Teste modo CPU (multi)

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CineBENCH | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon



WinRAR

Outro teste indicado que pode ser usado para medir o comportamento do processador é o WinRAR, que consegue fazer bom uso de todos os cores.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Padrão

OBS.:

  • Pontuação calculada pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor.

[ WinRAR | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon



wPrime

Rodando o wPrime, teste que estressa todos os cores do processador, temos os resultados abaixo:  

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

1024M

OBS.:

  • Resultados em segundos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MENOR, melhor

[ wPrime | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon



3DMark

Começamos nossos testes com foco em vídeo com o 3DMark, mas por enquanto com a placa de vídeo dedicada.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Fire Strike (default)

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ 3DMark | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon



Grand Theft Auto 5

O game GTA V para PC é um bom teste para mostrar diferença de desempenho em processadores, já que ele faz bastante uso desse componente. Confiram abaixo o comportamento dos sistemas rodando o game e como fica a diferença, sempre considerando a resolução FullHD que é onde vemos diferenças reais:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

1920×1080, Pass 4 – Ultra

OBS.:

  • Game baseado em DirectX 11
  • Resultados em FPS médio
  • Quanto MAIOR, melhor

[ Grand Theft Auto V | MSI X370 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 6

Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Gigabyte AX370-Gaming 5 @ Overclocked (BIOS F6D AGESA 1005)


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


Asus Crosshair VI Hero @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon @ Overclocked


MSI X370 Gaming Pro Carbon


MSI X370 Gaming Pro Carbon





AVALIAÇÃO:

Tecnologias

Acabamento

Overclock

Preço

Conclusão

Sem sombra de dúvidas uma das melhores opções do mercado para quem vai montar uma máquina de alto desempenho baseada nos novos processadores AMD Ryzen. A placa traz todas as novas tecnologias oferecidas na plataforma, ao menos as principais, com preço competitivo.

Em se tratando de visual a placa é bastante discreta quando desligada, mas traz alguns LEDs para quem gosta dessa característica. Assim como toda nova mainboard com chipset X370, ela traz conectores M.2, dois no total, sendo um deles com o M.2 Shield, uma espécie de protetor para o SSD que também tem a função de ajudar na dissipação de calor. 

Na parte do painel traseiro ela traz exatamente as mesmas conexões da Z270 Gaming Pro Carbon, sendo uma placa muito boa nesse quesito, o destaque fica por conta das conexões de vídeo, conexões USB 3.1 e também das conexões de áudio banhadas a ouro na parte interna. O que decepciona um pouco é que o HDMI é versão 1.4, ou seja, sem suporte a 4K em 60Hz.

Placa-mãe traz as principais tecnologias da plataforma

Como falamos, é uma placa com bom projeto de overclock, porem o Ryzen 7 1800X é um processador que não consegue subir mais seus clocks, ao menos não com um cooler a ar e sem forçar mudanças de tensão em valores não indicados para uso contínuo. Setamos ele em 4GHz em todos os núcleos e o sistema se comportou bem, mas tivemos que forçar a tensão do CPU em 1.425v.

Fazer um kit de memória de alta frequência trabalhar em
seu clock máximo em placas AM4 não é fácil e pode não ser possível

Já as memórias é um caso a parte em plataforma AM4, desanimador. Mesmo após uma série de atualizações de BIOS por parte de AMD o resultado prático não é algo aceitável. Simplesmente não tem como utilizar a grande maioria de kits DDR4 do mercado de frequências mais altas. Como já falamos nas análises das placas-mãe da Gigabyte e Asus, de 7 kits testados apenas um atingiu o clock máximo, sendo esse kit enviado pela AMD. Outros kits de marcas conceituadas como HyperX, Patriot e Corsair simplesmente não passam de 2666MHz ou no máximo 2933MHz, e em todos eles sendo necessário aplicar o clock manual, via perfil XMP simplesmente não funciona. Existe uma promessa de futuras atualizações melhorarem esse problema, é esperar pra ver.

Em cenário internacional a placa chegou custando U$180, por aqui é possível encontrar por favor abaixo de R$1000 em promoções (pesquisa feita dia 19/05/2017), preço bom frente aos outros modelos que testamos, porém pouco acima do modelo Z270, mas como sabemos, isso se da devido ser uma placa lançamento, deve cair com o passar das semanas e se tornar uma opção melhor.

Vale destacar que hoje não conseguimos recomendar uma placa AMD AM4 pelos problemas com memórias, é algo sério de mais para quem investe nesse tipo de produto.

Galeria da análise da MSI X370 Gaming Pro Carbon

PRÓS

  • Componentes de alta qualidade

  • Bom projeto para overclock

  • Suporte a SSDs M.2 NVMe

  • Conexões USB 3.1

  • Preço bom entre os modelos AM4 com chipset X370

CONTRAS

  • Como toda mainboard AM4, limitação com memórias de alta frequência




Source link

Comentários