Obras de R$ 120 bilhões foram feitas para manter esquema de propina

0
22


”(…) Juntos, esses investimentos — Sete Brasil, Belo Monte, Arena Itaquera e Porto de Mariel, em Cuba — somam quase R$ 120 bilhões.”

Enquanto vigorar, no país, o chamado ‘capitalismo de compadres’, tais práticas continuarão a existir. O Estado, via BNDES, não tinha de estar presente nestes projetos e o mercado não pode mais ficar fechado para a concorrência — nacional e internacional.

http://oglobo.globo.com/brasil/obras-de-120-bilhoes-foram-feitas-para-manter-esquema-de-propina-21279764

______________________________
Filie-se: novo.org.br/filie
Doe: novo.org.br/doe
Eventos: novo.org.br/eventos

Obras de R$ 120 bilhões foram feitas para manter esquema de propina

Odebrecht se envolveu em quatro empreendimentos por causa de tráfico de influência


Link da Fonte

Comentários