‘Debate Estadão’ sobre reforma política aponta cláusula de barreira como urgente para 2018

0
15


A cláusula de barreira ataca os sintomas – excesso de partidos, a maioria com baixa representatividade de ideias – e ignora a doença: privilégios milionários para partidos políticos.

Pior, ao atacar esse sintoma, fortalece e encastela os grandes e dificulta imensamente a entrada de novos atores no jogo político. Sonho de consumo da velha classe política, que se sente cada vez mais pressionada e desprestigiada.

A reforma política para ontem que o NOVO defende é: fim dos privilégios para partidos (fundo partidário, tempo “gratuito” de TV…) e facilitação do registro de novas siglas. Só sobrevivem, assim, os verdadeiramente representativos, e quem julga é o povo.

‘Debate Estadão’ sobre reforma política aponta cláusula de barreira como urgente para 2018

A mudança reduziria a fragmentação política exigindo dos partidos um mínimo de votos para terem representatividade no Congresso


Link da Fonte

Comentários