O Ryzen 3 chegou pra brigar com o Pentium por um lugar no PC Baratinho!

0
12


Com a chegada do Ryzen 3, que tem como objetivo atender aos consumidores que querem montar uma boa máquina para jogos com baixo custo, pega fogo a disputa por um lugar no PC Baratinho. Com preço de lançamento de US$ 109, ele entre em confronto direto com os modelos mais baratos da Intel, como o Core i3 e o queridinho da galera, o Penitum G4560, que por sinal vem equipando nosso PC de baixo custo nos último 3 episódios.

Quem merece um lugar no coração do Baratinho? Será que a nova plataforma Ryzen 3 1200 faz frente ao Pentium, ou será que o bom e velho FX ainda consegue “dar um caldo”?

Parte do nosso comparativo parte desse vídeo, onde colocamos lado a lado os três modelos operando tudo que conseguem tirar de uma GeForce GTX 1080. Ali ficou evidente o abismo que se forma entre o FX e os demais CPUs. Em nossos testes, ficou evidente um dos fatores determinantes são as frequências das memórias: com o FX 8300 também operando em 2133MHz, ele não faz feio comparado ao Pentium e ao Ryzen, porém essa frequência é uma das mais altas alcançadas em DDR3, que demanda memórias mais caras e placas-mães de maior custo, para ser obtido. Isso inviabiliza a plataforma FX de se manter na disputa, já que preço é crucial no Baratinho.

As baixas frequências do DDR3 tiram o FX da disputa

Sem chance para o FX, que não se garante nem com um preço mais baixo, sobram o Ryzen 3 1200 e o Pentium G4560. Como fica esaa disputa?

Podemos comparar de duas formas. A primeira é nosso gameplay com ambos:

 

Explicando um pouco do conceito do percentil: ele é uma técnica da estatística descritiva que agrupa os dados de forma progressiva de acordo com os valores obtidos. No nosso caso, na grande variação em que os quadros são gerados ao longo do teste, agrupamos o 1% pior entre todos, que nos dá um demonstrativo de quedas eventuais, e também os piores 0.1%, que representam as quedas mais graves (e bastante pontuais) ao longo do teste.

A conclusão de ambas as formas de se comparar é: a disputa está muito apertada. Ambos entregam resultados muito próximos, e inclusive sofrem dos mesmos problemas, como bater 100% em GTA V e apresentar muito stuttering rodando BF1 no modo multiplayer. Aqui o vencedor deveria ser definido, então, pelo preço, mas aí temos um problema: os valores de lançamento. Estamos fazendo nossos testes antes das vendas iniciarem, então não sabemos como vão estar os preços assim que esse artigo for ao ar. Nesse caso, a vitória vai obviamente para a solução com menor custo quando somados os valores para compra do processador e da placa-mãe.

O Ryzen 3 e o Pentium entregam níveis muito próximos de desempenho

No momento a vantagem de preços no segmento de placas-mãe é da Intel. Uma mainboard para LGA 1151 mais barata fica na casa dos 280 reais, enquanto as mais baratas para Ryzen, as AM4, estão com custo de quase 380 reais, atualmente. Esses são os modelos A320, um chipset que traz a desvantagem de não possibilitar o overclock, algo que está presente no chipset B350, que já aparece por apenas R$ 50 a mais, um investimento que compensa ser feito.

As placas-mãe para Pentium estão mais baratas

Mas, apesar da performance semelhante, há alguns diferenciais interessantes para cada um, dependendo de sua necessidade. O Ryzen 3 1200 conta com a possibilidade de overclock, o que é sempre bacana de se experimentar, e também traz o cooler Wraith Spire, definitivamente melhor e mais silencioso que o cooler box da Intel. Já para o lado da Intel, o Penitum conta com o diferencial de trazer gráficos integrados, o que não importa muito em um PC gamer, já que você provavelmente vai investir em uma placa de vídeo, mas pode ser bem interessante para quem monta o PC inicialmente e deixa para comprar a placa depois. Já mostramos que dá pra jogar alguma coisa nos gráficos integrados Intel HD 610 no episódio do PC Baratinho com MOBAs e games free-to-play.

PC Baratinho para MOBAs e Free-to-Play

Ok, está difícil escolher. Então, quem vai para dentro do nosso belo gabinete Maxxtro Capricorn II, um dos gabinetes mais bem avaliados de todos os tempos na história escrita? Vamos deixar em aberto! Agora é esperar o próximo grande lançamento e rodar os testes, para descobrir se vai ser a AMD ou a Intel que irá nos oferecer o melhor desempenho por real gasto. Nós vamos ao encontro do mais baratinho!



Source link

Comentários